Quando que o Everton é Melhor que o Vinícius Jr?

Só na cabeça do Zé Ricardo

Com um elenco de grande valor o técnico Zé Ricardo parece mesmo ter “perdido a mão”, termo usado quando percebemos que o comando técnico do time não demonstra lógica em suas colocações e escalações. Uma Seleção é formada pelos melhores jogadores, um Clube quando faz investimentos para montar uma grande equipe, espera que seus contratados sejam escalados, sendo os melhores em cada posição.

Já pelo que temos observado o técnico do Flamengo Zé Ricardo tem se colocado na contra mão dessa máxima obrigatória, sempre com desculpas, vem escalando não os melhores para cada partida, mas os que a grande maioria reprova como titulares. Agora o Flamengo trás o Everton Ribeiro, e assim, nós poderemos ou poderíamos ver um ataque com: Everton Ribeiro, Paolo Guerrero e Vinicius Jr.

O que observamos é que na ação do treinador Zé Ricardo em manter no time o jogador Everton em campo, ele desperdiça vitórias e “queima” jogadores, e no caso agora, o garoto Vinicius Jr. Nas últimas partidas o técnico Zé Ricardo o escalou jogando pela direita do ataque, quando sua posição de destaque e produtiva em termos de gols é jogando pela esquerda. Com essa tomada de decisão o Flamengo perde em ataque, deixa de fazer gols e o que ganhamos é um jogador como o Everton que corre, corre e não chega a lugar algum, somente a condição de titular no time do Zé Ricardo, que vem sendo hostilizado pela torcida como “Zé Retranca” e “Zé Paneleiro”…  Nessa tocada o Zé Ricardo já queimou um jogador como o Mancuello.

Outras escalações que ele insiste em colocar em campo em desagrado com a torcida são; o goleiro Muralha, o zagueiro Rafael Vaz e o meia Márcio Araujo; sem falar quando ele barra jogadores como Rondinei, Mancuello, Ederson, Paquetá e agora o mais novo a ser barrado que será o Vinicius Jr.

Se a Nação Rubro Negra não acordar e não fizer pressão continuaremos a ver no banco de reservas os jogadores que uma vez escalados nos trariam vitórias, muitas vitórias.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *