Ze Ricardo

Com Zé Ricardo não haverá Título

O que pensa Zé Ricardo

O técnico Zé Ricardo arriscou a classificação do time do Flamengo ao apostar em jogadores que vem sendo criticados por deficiência técnica, como o goleiro Alex Muralha e o meia Gabriel, que entrou aos 35 minutos do segundo tempo no lugar de Everton. Isso quando ele deveria colocar o Vinicius Junior, que aliás, já deveria ter sido escalado como titular absoluto da posição.

As escolhas do Zé Ricardo tem desagradado em muito o torcedor rubro negro que vem constantemente questionando alguns jogadores pelo técnico escalados. Como ele escala para um jogo de classificação um goleiro que há muito tempo não joga e que saiu por deficiência técnica? Como coloca um goleiro que não está em ritmo de jogo? Quando o jogo está no momento critico, o Santos melhor, ele abre mão de colocar o Vinicius Junior e manda a campo o Gabriel, que além de ser desagrado da torcida está a muito tempo sem jogar e por isso sem ritmo de jogo.

Muralha falhou no segundo e no quarto gol; e no quarto principalmente porque sai do gol. A bola é decisiva. Quando o goleiro sai, tem que ser decisivo, e ele não foi. Muralha e Gabriel são jogadores que saíram do time por deficiência técnica. E estavam sem ritmo de jogo. O que pensa o Zé Ricardo? Não tem esse conhecimento?

Outro jogador que a torcida não aguenta mais ver escalado e que Zé Ricardo mantém para irritar a torcida do Flamengo é o zagueiro Rafael Vaz, que novamente foi escalado como titular, deixando no banco o Juan. Rafael Vaz voltou a errar e quase complicou a vida do time Rubro-Negro. O zagueiro Rafael Vaz foi um dos piores em campo. O zagueiro tentou sair jogando duas vezes no primeiro tempo e errou. Após o intervalo, piorou: cedeu o escanteio que resultou no terceiro gol do Santos e depois, em outra jogada, perdeu a bola ao tentar tocar para um companheiro na defesa. Se observarmos os gols que o time tomou o zagueiro Rafael Vaz está mal posicionado e distante de sua posição.

Os seguidos lances, que quase terminaram com a eliminação do Flamengo, irritaram também os jogadores em campo. O lateral-direito Pará, por exemplo, se dirigiu a Zé Ricardo e falou, se referindo a Vaz: “Pelo amor de Deus, porque não dá um bico na bola?”. As reclamações, dos reservas e de quem atuava, eram nítida.  Paolo Guerrero ficou nitidamente desnorteado e irritadíssimo por causa dos erros do zagueiro.

Como não bastasse, Zé Ricardo tira de campo o Cuellar deixando o Marcio Araujo em campo. Qualquer treinador teria uma escalação do Flamengo parecida com o time do Barcelona, que joga no 4-3-3; aonde o meio de campo teria Cuellar – Arão – Diego, com o ataque formado por Everton Ribeiro – Guerrero – Vinicius Junior.

Decididamente o Flamengo não tem um treinador que leve o time aos títulos, e dificilmente com Zé Ricardo o time do Flamengo terá exito na Copa Brasil.

.Chamas Grill

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *