• Mangueira e seu carnaval de 2018.

    Com o corte de verba da Prefeitura do Rio para as escolas de samba, o enredo exaltou a simplicidade da festa desde suas origens. A escola foi a penúltima das sete a se apresentarem no 1º dia do Grupo Especial no Rio.

    O enredo “Com dinheiro ou sem dinheiro eu brinco”, do carnavalesco Leandro Vieira, contou a história do carnaval no Rio de Janeiro, com foco na base popular e na festa de rua sem objetivo comercial. A escola entrou na Sapucaí às 4h35 da segunda-feira, 12 de vevereiro de 2018, apresentando o clima de “protesto irreverente”, vários trechos da letra do samba ironizaram a decisão de cortar metade da verba das escolas: “Se faltar fantasia, alegria há de sobrar (…)”; “Pouco me importam o brilho e a renda (…)”; “Outrora marginalizado já usei cetim barato pra desfilar”. Em outro momento um dos carros representou o prefeito Marcelo Crivella como um boneco de Judas com a frase: “Prefeito, pecado é não brincar o carnaval”; outro destaque em carro levou faixa com frase: “Olhai por nós, o prefeito não sabe o que faz”.

    O foco do nosso registro jornalístico acompanha o tom de protesto ou critica do texto inicial, até porque, como o futebol, a Estação Primeira de Mangueira tem torcedores apaixonados ditos mangueirenses que a elegeram como a sua Escola de Coração; e desse mesmo modo, elegemos a Eterna Rainha e Musa da Mangueira a Renata Santos que há anos nos orgulhamos de tê-la à frente da Bateria da Mangueira como Rainha que é!

    Entendemos os meandros que envolvem toda a atmosfera de uma escola, e quando a direção da Estação Primeira de Mangueira resolveu passar o posto de rainha para outra; e percebemos que Renata Santos, também apaixonada e dedicada com muita alegria assumiu o posto de Musa; nós mangueirenses de coração (por escolha apenas), a elegemos ao posto máximo de ETERNA RAINHA E MUSA DA MANGUEIRA! Renata Santos é pelo povo um patrimônio da Escola!

    Como jornalista venho nos três últimos carnavais buscando nos desfiles encontrar a Eterna Rainha e Musa Renata Santos durante as transmissões, mas esse ano a Rede Globo, que é a emissora que transmite o Carnaval, não reconheceu a Renata Santos, até deram tempo de tomada com ela sambando, mas não citaram o seu nome, o que particularmente considero uma falha.

    Renata Santos é bela, portadora de uma expressão de olhar e sorriso que durante o seu desfile nos leva a sentir a alegria do carnaval, é espontânea e tem as curvas naturais de um belo corpo de mulher, fugindo aos estereótipos esculpidos (fitness) em academias e em clinicas especializadas em colocação de silicones de seios e glúteos.

    Esse ano a Mangueira pecou com a Renata Santos e com todos nós mangueirenses que esperamos o ano inteiro para ver de madrugada a Estação Primeira de Mangueira desfilar com a nossa Eterna Rainha e Musa Renata Santos e acabamos um pouco frustrados com a falta de reconhecimento e de valorização com uma integrante que tanto soma para a Estação Primeira de Mangueira.

    Finalizando, Renata Santos sobressaiu dentre todas as belezas da Mangueira, e em pouquíssimo tempo de exposição, ficamos todos nós maravilhados com a beleza dessa Musa, em olhar, sorriso, busto, cintura, quadril, coxas e samba, muito samba no Pé, que em cada movimento nos dava vontade de estar ali, junto a ela; só não sabemos se seria sambando ou à aplaudindo de  pé!

    Parabéns Renata Santos e muito sucesso para esse ano de 2018!

 

Video da GloboPlay – Grupo de musas representam o Caciue de Ramos no desfile da Mangueira – https://globoplay.globo.com/v/6495145/

.

Renata Santos Mangueira

Renata Santos 2018

Renata Santos Sapucai

Renata Santos Cacique

Musa Renata santos

Renata Santos car 2018

Renata Santos na 2018

Renata Santos Rainha

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *