capa-ingrid

Ingrid Oliveira é Ouro

Ouro Conquistado

A Atleta Olímpica em Saltos Ornamentais Ingrid Oliveiras conquistou mais uma Medalha de Ouro tendo somado 293,90 pontos; seguida pela venezuelana Maria Ortega, com 283,30 (prata), e a colombiana Carolina Murillo, 279,05 (bronze).

Ingrid Oliveira vem treinando um salto que estuda e coloca em prática já há alguns anos. o “Duplo e Meio Mortal de Costas”. Em competições passadas ela não teve êxito, mas não desistiu, trabalha sempre em treinos a execução do salto, e acredita que no momento certo fará a diferença. No Pan de Torono, em 2015, não foi bem na execução do mesmo. Nos Jogos Olímpicos Rio 2016, chegou com o salto a nota 2, porque também não teve a execução que espera chegar. E  agora em Cochabamba, não conseguiu executá-lo da forma perfeita como quer e busca. Ainda assim, seu conjunto de saltos foi suficiente para conquistar Medalha de Ouro na prova da plataforma de 10 metros dos Saltos Ornamentais.

 “É um salto que quando eu acertar fará muita diferença, mas ainda bem que todo o resto foi suficiente para conquistar a medalha”

                                      Ingrid Oliveira

 

Ingrid Oliveira começou nos saltos ornamentais aos 12 anos, mas antes praticava ginástica, e não se achava competitiva;

 

 “As meninas que faziam comigo eram muito evoluídas, e eu não conseguia acompanhar; e eu adorava implicar com a minha irmã, que fazia ginástica comigo; ela foi para os saltos ornamentais primeiro e pensei: com quem vou implicar agora? Ainda fiquei na dúvida se entrava na natação ou nos saltos; fiz um teste no Fluminense e nunca mais parei; em 2008, fui campeã estadual, brasileira e foi assim até agora” 

                                      Ingrid Oliveira.

 

Bronze no feminino

No Centro Aquático de Cochabamba foi realizado a prova, em saltos da plataforma de 5 metros. Viviana Uribe e Carolina Murillo, da Colômbia, levaram o ouro, com 237.12 pontos; Lisette Ramirez e Maria Betancourt, da Venezuela, levaram a prata com 234.36 pontos e as brasileiras Giovana e Ingrid somaram 213.93 pontos conquistando a Medalha de Bronze.

“Fizemos o que sabemos fazer; acho que foi um bom resultado, mesmo lesionada, eu não parei de treinar na plataforma de cinco metros; estou quase 100% e acredito que com mais um pouco de fisioterapia, zera minha lesão”, diz a Giovana que sofreu uma lesão na coluna em 2017 e um estiramento no tríceps em fevereiro deste ano.

Para Ingrid Oliveira, medalha de ouro na plataforma de 10 metros, chegar ao pódio era esperado; “A Colômbia e a Venezuela fizeram uma boa prova, mas o Equador, que ficou em quarto, apresentou saltos com grau de dificuldade menor; e0ntão, havia expectativa de conquistar pelo menos o bronze” coloca a Musa do Atletismo Ingrid Oliveira.

 

Não podemos negar sua beleza e carisma

Ingrid Oliveira, foi eleita a Musa do Atletismo, houve muita turbulência e a mídia não poupou espaço para registrar a beleza e o carisma dessa menina que é sem dúvidas dona de uma beleza ímpar. Apesar do trabalho muscular que um atleta é submetido, Ingrid Oliveira, não perdeu sua sensualidade feminina e sua beleza que se apresenta em um sorriso cativante e cheio de alegria. Sue Instagram é cheio de fotos de ensaios fotográficos os quais ela deixa muito claro que é uma excelente modelo publicitário.

Ingrid e Medalhas

Ingrid Oliveira com suas Medalhas de Ouro e Bronze

Ingrid e Medalhas

Ingrid Oliveira modelando com medalhas

MEDALHAS-DE-INGRID

As medalhas de Bronze e Ouro

Ingrid e Bandeira do Brasil

Ingrid Oliveira e Bandeira do Brasil

Ingrid Oliveira

Ingrid Oliveira em ensaio fotográfico

Ingrid Oliveira

Ensaio fotografico na praia

Seu sorriso é o ponto forte em seus ensaios fotográficos

.Sereia-de-búzios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *