Ministros poderão sofrer impeachment

Chegou a informação que o renomado jurista Modesto Souza Barros Carvalhosa irá protocolar o pedido de impeachment do ministro Dias Toffoli por quebra de decoro.

Modesto Souza Barros Carvalhosa é um jurista brasileiro. É advogado, parecerista, consultor, árbitro, assim como professor aposentado de Direito Comercial da Faculdade de Direito da USP.

O fato se dá pela intervenção do ministro na questão interna do Senado em favorecimento do ex-presidente Renan Calheiros; que poderá sair muito caro, não só para o ministro Toffoli, mas para os demais membros do Superior Tribunal de Justiça.

Em recente entrevista dada a um jornal do estado do Ceará – Tribuna do Ceará, o ministro Dias Toffoli, reconheceu o fato; “A intervenção no senado pode ter custado caro e já está me tirando a paz” colocou o ministro visivelmente abalado e preocupado com a grande pressão popular nas redes sociais através da hashtag #ForaToffoli.

O povo finalmente está unido, escolheu o Presidente da Republica e o Presidente do Senado Federal, e está mais confiante do que nunca para participar das mudanças necessárias.

O jurista em quentão Modesto Souza Barros Carvalhosa, informou em suas rede sociais que estará protocolando novamente os pedidos de impeachment dos ministros Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski, que o ex-presidente Renan Calheiros arquivou pura e simplesmente. Eles irão se juntar ao novo pedido de impeachment do ministro Dias Toffoli para serem levados adiante no Senado Federal.

Segundo o jurista o STF na pessoa de seus ministros, esteve desconsiderando a consagrada separação de Poderes.

Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Dias Toffoli.

.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *