Campeão contra tudo, até contra o WAR

Flamengo Campeão Carioca de 2019

Em um ano de Novo Presidente, com grandes contratações de grandes investimentos, o Flamengo se credenciou a conquistar títulos.

O primeiro título veio dos Estados Unidos quando disputou um torneio com clubes de renome e se sagou Campeão. Foi o primeiro Título Internacional de 2019.

Agora conquistou o Campeonato Estadual com duas grandes vitórias contra seu eterno vice, o Vasco da Gama que perdeu as duas partidas da final pelo mesmo escore.

O jogo de ontem foi tal como o primeiro, o Flamengo dominando um Vasco da Gama montado com os jogadores que pode, pois desde o ano passado o clube cruzmaltino atravessa a sua pior fase financeira e de renomes no elenco.

Contra tudo e todos

O Flamengo montou um grande elenco com contratações milionárias e de renomes no futebol da atualidade. Trouxe Gabriel o Gabigol da Inter de Milão, o Bruno Henrique do Santos, Arrascaeta do Cruzeiro e Rodrigo Caio do São Paulo. No início deste ano, o Flamengo disponibilizou cerca de R$ 100 milhões para reforçar o elenco com jogadores de peso. E isso em vez de ser valorizado pela atmosfera do futebol no Estado, cria um efeito contrário, uma adversidade percebida pelos comentaristas, jornalistas especializados, clubes e torcedores dos clubes rivais. Na transmissão da partida pela Rede Globo, ou #globolixo, quem assistia entrava em contestação, parecia que os comentaristas e narrador da partida estavam assistindo a um outro jogo. O Flamengo foi superior em todos os jogos, mas não era essa a informação passada pela emissora e seus comentaristas. O Flamengo sabia que para ser Campeão teria que vencer todos.

O Maior adversário foi o WAR

O WAZ foi o grande adversário do Flamengo, só nas duas últimas partidas o Flamengo teve que fazer três gols para só valer dois. Os dois juízes dos jogos contra o Vasco da Gama foram marcadores implacáveis contra o Flamengo, sendo que no último jogo, a final, o juiz distribuiu cartões amarelos para os jogadores do Flamengo, não por alguma jogada mais ríspida ou dura, mas por reclamações.

O WAR não existiu para apontar uma cabeçada do jogador vascaíno Werley em Gabriel pelas costas,  a sorte que a testada não acertou o pé da nuca do Gabigol, que nem notou, mas o WAR viu e deveria ter comunicado ao juiz Rodrigo Carvalhaes de Miranda, mas isso não ocorreu em nenhum dos jogos contra o Vasco da Gama, o WAZ é a maldade oficializada. O comando do VAR foi de Bruno Arleu de Araújo. Os bandeirinhas foram Rodrigo Figueiredo Corrêa e Luiz Claudio Regazone.

O Maior Vencedor do Estado – Flamengo – 35 Títulos de Campeão

(1914, 1915, 1920, 1921, 1925, 1927, 1939, 1942, 1943, 1944, 1953, 1954, 1955, 1963, 1965, 1972, 1974, 1978, 1979, 1979*, 1981, 1986, 1991, 1996, 1999, 2000, 2001, 2004, 2007, 2008, 2009, 2011, 2014, 2017 e 2019)

No ano de 2009 o Flamengo chegou a posição de Clube com mais títulos estaduais, quando chegou ao seu 31º Título Carioca e passou a ser o maior vencedor, o Flamengo conseguiu abrir vantagem devido a expressivos números: 11 Conquistas nas últimas 21 disputas, com direito a Dois Tricampeonatos.

Capitão do jogo, Diego participou de toda a trajetória invicta contra o Vasco e levantou seu 2º Campeonato Carioca pelo Flamengo. Prestes a completar três anos de Flamengo, comemorou a conquista hegemônica:

– É um dia mais que especial. Ser campeão, coroar um trabalho, com espetáculo do torcedor.

Já o jogador Arrascaeta que para vir para, o Clube travou uma batalha com o Cruzeiro, que não admitia abrir mão do jogador para o Flamengo, mas fica o registro que o Flamengo só conseguiu pela grande vontade do jogador Arrascaeta que deixou o Cruzeiro literalmente para, acertando com o clube carioca sua paixão de coração. O uruguaio Arrascaeta com menos de quatro meses de clube, deixou sua meta que é uma conquistar ainda mais expressiva pelo Clube Rubro Negro:

– Esse clube é muito apaixonado, muito grande. Temos que valorizar esse título, mas temos que brigar por coisas importantes esse ano. Com certeza começamos bem, mas tem muita coisa para vir pela frente.

Final – Campeão Carioca de 2019

O Vasco entrou na Decisão do Campeonato precisando vencer por três gols de diferença, o balde de água fria veio logo aos 15 minutos de jogo com o gol de Willian Arão após levantamento de Arrascaeta.

O Cruzmaltino voltou para o 2º tempo determinado a conseguir o gol e pressionou nos primeiros 10 minutos. O Fla deu o troco na sequência e chegou ao segundo com Gabigol, anulado pelo VAR. Aos 20, Diego Alves fez defesa espetacular em desvio de Maxi López. O tempo ia passando e era questão de tempo para a torcida rubro-negra comemorar o título. Aos 37, Vitinho deu números finais ao placar após belo passe de Diego. Antes do apito final, o Vasco ainda acertou o travessão com Danilo Barcelos.

Willian Arão foi eleito o Melhor Jogador em Campo, sempre muito criticado pela torcida (manipulada), o jogador foi esse ano peça fundamental para o meio campo do time; o técnico Abel costuma justificar sua escalação salientando sua altura, o que faz a diferença em bolas aéreas. E foi assim que ele testou para deixar o Flamengo na boa logo no início da partida contra o Vasco da Gama; e foi muito bem na marcação ao pequeno Lucas Santos, esperança do clube cruzmaltino para a partida. Arão abriu o marcador aos 15 minutos iniciais com uma belíssima cabeçada.

– Cereja do bolo, né. A gente vem jogando bem, trabalhando bem. A gente fez por merecer. Em cada partida, cada jogada, ninguém nos deu nada. Coroação de um trabalho. Elenco todo está de parabéns. Elogios também para os médicos, fisioterapeutas, preparadores físicos. Não foram só 11 que conquistaram.

Comemoração no Gramado

O Ponto Alto da comemoração foi a homenagem feita ao zagueiro Juan, que voltava de uma contusão no tendão de aquiles, e foi escolhido para por a Faixa de Capitão no braço e receber a Taça de Campeão Carioca nomeada esse ano de Jorge Lobo Zagalo. E assim foi a Festa!

O zagueiro Juan levantou a Taça de Campeão Carioca – Jorge Lobo Zagalo

.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *