Por isso não ao Bolsonaro

O curioso é que nossos universitários de esquerda desconheciam tais mordomias implantadas no governo do ex-presidente José Sarney e perdurava até agora, quando o atual presidente Jair Messias Bolsonaro aprovou o Projeto de Lei que extingue tais mordomias.

Outro ponto que chama atenção é o silêncio da mídia e dos jornais e telejornais que não noticiaram tal acontecimento.

O Projeto de Lei determina o fim das mordomias concedidas aos ex-presidentes da Repubica, tais como; despesas com seguranças, assessores, diárias, passagens, carros oficiais e cartões corporativos de ex-presidentes da República.

Essas mordomias somadas chegavam oficialmente na casa de R$ 36 milhões, em valores atualizados pela inflação, desde 1999.

De todos o maior gasto em um ano foi feito por Dilma Rousseff (PT) em 2017 – R$ 1.400.000,00 (Hum Milhão e Quatrocentos Mil Reais).

Como que um militante de esquerda se olha no espelho depois de saber disso?

Fica claro as ações da esquerda carregada por ignorantes militantes. Na foto os ex-presidentes FHC, Sarney, Dilma, Lula e Collor

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *