Sociólogo de Armação dos Búzios desmonta deputada de SP

O sociólogo de Armação dos Búzios André Luiz dos Santo Silva e Júnior ao ler a declaração da deputada estadual por São Paulo, Janaina Paschoal, prontamente identificou a posição de traição da deputada ao presidente Jair Messias Bolsonaro em seu texto publicado como Carta Aberta.

O sociólogo André Luiz desconstruiu o texto da legisladora e deixou bem claro a posição muito feia da deputada em seu perfil de conspiração inaceitável.

Leiam abaixo:

Carta Aberta JanainaPaschoal

Olá, Amados!

Eu imaginei que não precisaria me manifestar, mas a situação está tomando uma dimensão com a qual eu não contava.

Por isso, preciso fazer alguns esclarecimentos.

Muitas pessoas bem intencionadas estão me escrevendo, de todos os cantos do país, pedindo áudios e vídeos, convocando para manifestações no próximo dia 26/05.

Eu não vou gravar áudios, nem vídeos, por uma razão: essas manifestações não têm RACIONALIDADE.

O Presidente foi eleito para GOVERNAR nas regras democráticas, nos termos da Constituição Federal.

Propositalmente, ele está confundindo discussões democráticas com toma-lá-dá-cá.

O que ele quer?

Não tem cabimento Deputados eleitos legitimamente  fugirem das dificuldades de convencer os colegas (ser Parlamentar é dificil) e ficarem instigando o povo a gerar o caos.

Àqueles que amam o Brasil, eu rogo: não se permitam usar!

Não me calei diante dos crimes da esquerda, não me calarei diante da irresponsabilidade da direita.

Estão causando um terrorismo onde não há! As pessoas estão apavoradas, escrevendo que nosso presidente está correndo risco.

Ele não é amado pela esquerda, pelos formadores de opinião? É verdade.

Mas quem o está colocando em risco é ele, os filhos dele e alguns assessores que o cercam. Acordem!

Dia 26, se as ruas estiverem vazias, Bolsonaro perceberá que terá que parar de fazer drama para TRABALHAR!

Vamos enfrentar os adversários (que são muitos) com argumentos!

Há tempos, não temos um Ministério tão bom! Profissionais de ponta, nas pastas adequadas, orientados por boa teoria, bons valores, com experiência prática. E o Presidente gerando o caos?

Pelo amor de Deus, parem as convocações! Essas pessoas precisam de um choque de realidade. Não tem sentido quem está com o poder convocar manifestações!

Raciocinem! Eu só peço o básico! Reflitam!

Janaina Paschoal – Deputada Estadual pelo PSL de SP

 

Descontruindo o Texto da Janaina Pascoal

André Luiz – Vamos desconstruir essa narrativa:

“Eu não vou gravar áudios, nem vídeos, por uma razão: essas manifestações não têm RACIONALIDADE.”(Janaina Paschoal)

– A senhora tem toda liberdade de não gravar nada e não colaborar de forma alguma com a manifestação. Mas, a partir do momento em que a senhora é filiada ao partido do presidente não seria de bom tom ao menos ter uma postura de compreensão? A RACIONALIDADE está justamente no cansaço do povo de tanta enrolação e a eleição do presidente Bolsonaro foi o ponto de inflexão nisso, porém não é o que elas estão percebendo com a paralisia das reformas causado pelos outros poderes da República. Temos dois poderes contra a vontade popular eleita em 2018 e o povo é RACIONAL o bastante para perceber isso, além de buscar apoio aos representantes eleitos, inclusive a senhora, sob a mesma bandeira do presidente Bolsonaro. (André Luiz dos Santos e Silva Júnior)

“O Presidente foi eleito para GOVERNAR nas regras democráticas, nos termos da Constituição Federal”(Janaina Paschoal)

– E não é o que está acontecendo desde 01 de janeiro de 2019? O presidente tem sido um exemplo do que está na Constituição e não tem se deixado levar por impulsos, atalhos e nem maus conselhos! Mas, o povo tem o direito de demonstrar apoio a ele a qualquer tempo. (André Luiz dos Santos e Silva Júnior)

“Propositalmente, ele está confundindo discussões democráticas com toma-lá-dá-cá.”

– Confundindo? Ele sempre se porta de modo a ouvir o Parlamento e não causa interferência no Legislativo, nem para aprovar as medidas que lhe consagrariam. O povo já entendeu que a tal GOVERNABILIDADE, APOIO e DISCUSSÃO que muitos parlamentares tanto falam significam dinheiro público, cargos e poder. Não votamos em Bolsonaro para isso. E acredito que a senhora tem apoiado ele pelo mesmo motivo. (André Luiz dos Santos e Silva Júnior)

“O que ele quer?”(Janaina Paschoal)

– Governar pelo bem do Brasil, executar o plano de governo eleito e servir ao povo brasileiro. Se fosse diferente disso no dia 26 de maio a manifestação seria CONTRA o presidente, oras.

“Não tem cabimento Deputados eleitos legitimamente fugirem das dificuldades de convencer os colegas (ser Parlamentar é dificil) e ficarem instigando o povo a gerar o caos”(Janaina Paschoal)

– Caos? As pessoas que apoiam o governo manifestarem democraticamente seu apoio ao presidente em pleno domingo é caos? A senhora deve estar dando muito ouvidos ao MBL e se informando por um péssimo press release. Há poucos anos atrás tínhamos de assistir a patacoada de manifestações artificiais de apoio ao governo Lula e Dilma pagas com dinheiro público e tava tudo certo né? (André Luiz dos Santos e Silva Júnior)

“Àqueles que amam o Brasil, eu rogo: não se permitam usar!”(Janaina Paschoal)

– Usar? Que tá usando quem? Nem foi o presidente que convocou nada e se convocasse, que mal teria nisso? Existe proibição? (André Luiz dos Santos e Silva Júnior)

“Não me calei diante dos crimes da esquerda, não me calarei diante da irresponsabilidade da direita”(Janaina Paschoal)

– Qual irresponsabilidade? Estamos em um momento dificílimo, se a senhora não percebeu ainda, e o presidente não está só. Acabou aquela história do brasileiro votar e seguir a vida até ser obrigado a votar de novo depois de quatro anos! (André Luiz dos Santos e Silva Júnior)

“Estão causando um terrorismo onde não há! As pessoas estão apavoradas, escrevendo que nosso presidente está correndo risco”(Janaina Paschoal)

– Sinceramente, quem te dá o press release é muito fraquinho. Quem acompanha minimamente a grande mídia e a mídia independente sabe que a cada siricutico do Parlamento que atrase as Reformas são empregos, negócios e oportunidades que vão sendo perdidas e um pesadelo que vai se aproximando. As pessoas mais humildes estão apavoradas porque sabem que essa letargia não é culpa do presidente, mas dos siricuticos de quem está mais preocupado com a GOVERNABILIDADE ($$$$) do que com os interesses do povo. E o presidente corre risco mesmo. Tem grupos terroristas que ameaçam o presidente e os ministros diuturnamente (a Damares que o diga). Tem partidos políticos e militantes que falam de matar, esfaquear e atirar no presidente como se não fosse nada demais. A senhora sabe do AMOR que esses mesmos tem pela senhora também. Sem mencionar as conspirações palacianas que de tão escancaradas nem de conspirações podemos mais chamá-las. (André Luiz dos Santos e Silva Júnior)

“Ele não é amado pela esquerda, pelos formadores de opinião? É verdade”(Janaina Paschoal)

– Ao menos esse trecho tenho que concordar. (André Luiz dos Santos e Silva Júnior)

“Mas quem o está colocando em risco é ele, os filhos dele e alguns assessores que o cercam. Acordem!”(Janaina Paschoal)

– Esse trecho me deixa com a curiosidade de saber a opinião da senhora sobre o Vice-Presidente… No mais, caso isso seja verdade, a solução seria qual? A do MBL? Suicídio ou Renúncia? Se não fosse a capacidade política do presidente, o apoio fantástico dos filhos dele e de alguns poucos fiéis assessores o governo estaria sendo exercido por algum espertalhão. (André Luiz dos Santos e Silva Júnior)

“Dia 26, se as ruas estiverem vazias, Bolsonaro perceberá que terá que parar de fazer drama para TRABALHAR!”(Janaina Paschoal)

– TRABALHAR? Mais? Se ele tivesse o poder absoluto do Brasil até seria possível exigir dele mais esforço para que as coisas acontecessem, mas sendo o chefe de apenas 1 dos 3 poderes, em que medida o TRANALHO dele não esbarra na falta de TRABALHO dos outros dois? Enquanto ele envia uma reforma da previdência o Parlamento faz chicana para não aprová-la e enquanto ele diminui gastos, o STF faz licitação para comer lagosta e vinhos caríssimos. Falta TRABALHO? É sério isso? (André Luiz dos Santos e Silva Júnior)

“Vamos enfrentar os adversários (que são muitos) com argumentos!”(Janaina Paschoal)

– Não é o que tem sido feito até aqui? A turma que esfaqueia opositor e ameaça matar é do lado de lá do muro, se ainda não percebeu. Mas, tem horas que só o argumento não resolve. Quando ameaçam invadir seu gabinete ou agredir a senhora, a situação fica só no argumento mesmo ou acontece algo mais? Nem sempre fazer pombinha com as mãos resolve o problema… Nesse ponto o presidente tem sido um lorde de boa educação e um poço de paciência. (André Luiz dos Santos e Silva Júnior)

“Há tempos, não temos um Ministério tão bom! Profissionais de ponta, nas pastas adequadas, orientados por boa teoria, bons valores, com experiência prática. E o Presidente gerando o caos?”(Janaina Paschoal)

– Né por nada não, mas qual a opinião da senhora sobre o Mourão? E o Santos Cruz, conhece ele? Que diabos de caos é esse? Não é possível! A senhora tá circulando por que lugares? Se fosse para o presidente criar caos não teria tido eleição, não teria mais oposição nesse país e não haveria qualquer desgaste com diálogo, governabilidade ou apoio que todos sabemos bem o que é. Quem quer caos não se presta a fazer ministério bom. (André Luiz dos Santos e Silva Júnior)

“Pelo amor de Deus, parem as convocações! Essas pessoas precisam de um choque de realidade. Não tem sentido quem está com o poder convocar manifestações! Raciocinem! Eu só peço o básico! Reflitam!”(Janaina Paschoal)

– Deu pra perceber que a pessoa mais humilde que apoie a manifestação do dia 26 tem mais pé na realidade do que a senhora. E desconstruindo o texto da senhora deu pra perceber quem não raciocinou ou refletiu sobre o assunto ainda. (André Luiz dos Santos e Silva Júnior)

andre-sociologo

André Luiz dos Santos e Silva Júnior – Sociólogo – Colunista do enfasebuzios.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *