Como jornalista só posso escrever isso…

Com a decisão da apelação por perda de prazo ocorre o processo julgado a qual inicia a execução definitiva. É um caso único; que acredito eu, nunca antes ter sido visto nos Tribunais do Brasil; porque nenhum prefeito já perdeu prazo num processo de improbidade administrativa…

E o pior, por mais que tenha saído à decisão de agravo favorável ao Dr. André, com o julgamento da apelação do outro processo em que ele perdeu o prazo, se faz a coisa julgado para permitir o afastamento.

NOTA: Seja Dr. André Granado ou Henrique Gomes essa é a chapa eleita; muito pior seria se a Justiça coloca-se outro que não tivesse sido escolhido pelo povo nas urnas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *