Título que o Técnico Jorge Jesus queria…

Esse titulo de Campeão da Supercopa do Brasil é inédito para o Flamengo, e o ano de 2020 começou com o técnico Jorge Jesus destacando o “outro patamar” do Flamengo, que virou mantra da torcida.

Em campo, o time dominou o Athletico-PR numa manhã de Bruno Henrique, Gabigol e Arrascaeta. Com um gol de cada, a equipe fez 3 a 0 no time de Dorival Júnior e garantiu a taça inédita da Supercopa do Brasil.

O Flamengo colocou nova taça na prateleira de conquistas. O Rubro-Negro do Rio de Janeiro é agora o terceiro clube a conquistar a competição. Antes, Grêmio (1990) e Corinthians (1991) haviam conquistado o título da Supercopa, que voltou a ser disputada 29 anos depois.

Nem mesmo o forte calor de Brasília diminuiu a intensidade do Flamengo. O time de Jorge Jesus tomou conta do jogo desde os primeiros minutos, com marcação alta e posse de bola. O reflexo apareceu no placar: Bruno Henrique, de cabeça, e Gabigol, aproveitando grande vacilo de Márcio Azevedo, balançaram a rede. Acuado, o Athletico-PR só conseguiu sair ao ataque no fim, mas Erick desperdiçou principal oportunidade, livre entre os zagueiros. No segundo tempo o time manteve-se seguro em campo, e manteve a posse de bola e matou o jogo com tranquilidade, aos 23 minutos, com Arrascaeta, que decretou a vitória por 3 X 0.

Gabigol ultrapassa Adriano O Imperador

A temporada 2020 de Gabigol pelo Flamengo começou de maneira tão positiva quanto a 2019. Mesmo com apenas quatro jogos disputados, o camisa 9 já soma quatro gols, duas assistências e atingiu uma marca importante após marcar na vitória por 3 a 0 sobre o Athletico-PR, na Supercopa do Brasil, em Brasília: ultrapassou Adriano Imperador na lista de maiores artilheiros da história do clube.

Gabigol chegou a 47 gols marcados e superou o Imperador, que marcou 46. E o atual centroavante rubro-negro precisou de 63 jogos para atingir esta marca, enquanto o Imperador precisou de 92; “Muito feliz por passar o Adriano e outros jogadores com tão pouco tempo, obviamente, não faço os gols sozinho, meus companheiros e o o Mister me dão dicas de posicionamento que fazem meu potencial aumentar; divido com minha família também; espero poder passar mais alguns, com todo respeito — declarou Gabigol.

Maiores artilheiros do Flamengo

1 Zico 29/07/1971 à 06/02/1990 732 gols
2 Dida 17/10/1954 à 27/10/1963 358 gols
3 Henrique Frade 19/02/1954 à 27/03/1963 411 gols
4 Romario 27/01/1995 à 10/11/1999 240 gols
5 Pirillo 04/05/1941 à 28/12/1947 237 gols
6 Jarbas 12/03/1933 à 03/04/1946 380 gols
7 Bebeto 23/03/1983 à 03/11/1996 307 gols
8 Leônidas da Silva 18/07/1936 à 01/02/1941 148 gols
9 Zizinho 23/11/1939 à 04/02/1950 328 gols
10 Índio 19/11/1949 à 25/05/1957 218 gols

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *