Uma arte de registrar instantes.

Elízio Figueiredo começou seu trabalho de fotografo clicando modelos pilotos e de catálogos em Niterói-RJ, no ano de 1988, quando como modelo publicitário, teve acesso ao oficio de fotografar.

Como no segundo semestre do mesmo ano, em 1988, Elízio Figueiredo era produtor de Peças Teatrais e Bandas Musicais, e precisava ter os cartazes com fotos dos espetáculos e das capas do Antigos LPs (discos), começou obrigatoriamente a fazer a Direção de Fotografia, para que o resultado fosse rápido e com baixo custo. Daí a sua capacidade de fotografar e ao mesmo tempo fazer a direção de fotografia da pessoa ou do objeto a ser registrado.

Com o advento da Internet, Elízio Figueiredo participou de alguns concursos internacionais de Fotografia na America do Sul e algumas exposições online, isso iniciado anos 2011; “Gosto muito da fotografia, mas não consigo encarar essa atividade como oficio, uma vez que meu tempo não me permite e o retorno financeiro não me seduziu até hoje…” coloca o fotografo Elízio Figueiredo.

“O fotografar uma vida do planeta é algo glorificante, você precisa entender a dimensão viva do universo e se colocar como parte dela naquele instante para alcançar o exito, independente da maquina que você esteja de posse na hora; claro o profissional tem bons aparelhos…” Elízio Figueiredo

Vidas do Planeta

Esse é o tema de alguns trabalhos que o fotografo Elízio Figueiredo assina e tem em seu portfólio; “são ocasionais, nunca que eu me lembre, sai para capturar imagens ou momentos específicos… As vezes, capto uma flor em minha residencia ou alguma vida, como borboletas e Aracnídeos” coloca Elízio Figueiredo.

Ele acredita que clicar as mais diversas formas de vidas é um momento único e de grande beleza. Em seu portfólio existem muitas imagens de rara beleza, todas capturadas de forma natural e em muitas vezes inesperadas conforme nos fala relatando de forma tímida; “Não sou conhecedor de todas ou muitas técnicas, apenas tenho na minha maneira de olhar o que irei fotografar” coloca Elízio Figueiredo.

Esses trabalhos assinados pelo fotografo Elízio Figueiredo demonstram bem o que ele diz sobre as mais diversas formas de vida no Planeta

Modelos Humanos

No ano de 2001, em Armação dos Búzios, o fotografo Elízio Figueiredo começou a fotografar as moças de Armação dos Búzios; e logo em seguida as de Cabo Frio, São Pedro, Arraial do Cabo e até Niterói. Não tardou para seu nome aparecer na busca do Google o que o levou a ser credenciado para algumas edições do Fashion Rio, e daí passou a fotografar Miss do Estado do Rio de Janeiro; “O que mais acho curioso, e que em Armação dos Búzios as pessoas desconhecem o valor que obtive como fotografo, mas tudo bem; apenas acho curioso…” fala de forma alegre, o que prefere deixar como está.

A Carioca Renata Villaça é Miss das Américas e a Buziana Vitória Ferreira Modelo Fotográfico.

Entre tantos trabalhos, Elízio Figueiredo guarda com carinho depoimentos como os da Miss das Américas Renata Villaça – ” Trabalhar faz bem pra a alma, ainda mas com o que você ama! Obrigada Elízio Figueiredo pelo belo ensaio, adorei trabalhar com você para a edição da Revista ênfase”; e o da Modelo Vitória Ferreira – “Ser fotografada por Elízio Figueiredo é uma honra; ótimo profissional, amei o seu trabalho…”Fotografar é colocar na mesma linha, a cabeça, o olho e o coração” -Henri Cartier”

Na verdade, o começo de sua atuação como fotografo ocorreu por uma necessidade sua como editor de seu jornal, para atender a um nicho provocado pelo concorrente editorial; “um tabloide local colocou em sua capa que moças bonitas na cidade, só existiam no Verão, fazendo referencia as turistas; aí, quando li e vi aquela capa, pensei vou começar a fotografar e colocar no meu jornal as moças filhas de Armação dos Búzios, e assim fiz…” nos conta Elizio Figueiredo.

Tatiane Ribas e Bruna Carvalho tiveram seus ensaios publicados no Jornal ênfase e na Revista ênfase; Tatiane Ribas chegou a ser Musa do Brasileirão.

E foi assim que logo na primeira edição do jornal que ele editava, as moças de Armação dos Búzios passaram a ser reconhecidas como as Modelos de Búzios. Agências do Rio de Janeiro e São Paulo chegaram a duvidas que na Cidade não existia uma Agência especializada e nem um curso profissionalizando do Modelos.

Desde a entrada dos Smartfones e da Rede Social Instagram, a procura pelos ensaios fotográficos ficaram escassas, e nos últimos anos o fotografo Elizio Figueiredo tem clicado mais modelos internacionais como a argentina Florencia Aragona, moradora de Buenos Aires, mas que passa suas férias em Armação dos Búzios, por seus pais morarem aqui.

A modelo cabofriense Camila Magalhães foi uma das primeiras modelos fotografadas para a Revista ênfase impressa e a modelo argentina Florencia Aragona para a Revista ênfase Online. Ambas por Elízio Figueiredo

Ultimo Projeto de Fotografia

Ele pretende encerrar sua atividade de fotografo, com uma exposição de fotografias; ainda em fase de projeto, ele pretende ter alguns de seus trabalhos em tamanho natural; “É um projeto que tenho, o qual estudo, pois não sei ainda se farei em uma exposição apresento todos divididos em temas, que podem variar, ou se faço algumas outras exposições uma com um tema, e outras com outros temas… A exposição com o tema Modelos Fotográficos, ainda estudo se faço juntamente com uma noite de autógrafos de um livro que estarei autografando… Está tudo em fase de projetos ainda, sendo elaborado” nos conta o fotografo Elízio Figueiredo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *