O previsível acontece

A esquerda no Brasil vinha desesperada com a eleição do presidente Jair Messias Bolsonaro à Presidência da República do Brasil. A Nação Brasileira foi aparelhada pelo PT – núcleo central da esquerda no Brasil nos períodos de seus governos camuflados de socialistas. Quem antecedeu toda essa engenharia política de esquerda foi um de seus lideres Fernando Henrique Cardoso que também é a liderança do PSDB, e antigo parceiro do criminoso Lula desde os anos 60. Já na escalada do PT com a eleição de Lula a Presidência do Brasil o seu estrategista foi o outro criminoso José Dirceu.

Assim como ocorreu na Venezuela, no período de Hugo Chaves que aparelhou a Suprema Corte naquele País e foi ela quem legitimou suas ações inconstitucionais e as fraudes nas eleições. O PSDB e o PT assim fizeram no Brasil elevando ao cargo de membros da Suprema Cortes advogados de suas atmosferas partidárias e de militâncias, camufladas para se movimentarem no tempo que eles determinassem.

O quê deu errado?

O que as lideranças de esquerda não contavam era com os erros de caráter pessoal de seus membros, ou de seus membros de alta cúpula, o que acabou pela condenação e prisão de homens como José Dirceu e Luis Inácio Lula da Silva. Outra ação que não constava na cadernetinha rubra da esquerda era o Impeachment da então presidente do Brasil Dilma Roussef. Essa sequencia de escândalos e crimes, desencadeou na Nação Brasileira a enorme indignação, e levou o candidato de Direita e Conservador Jair Messias Bolsonaro a condição de MITO no País inteiro.

Para piorar as trevas da esquerda, um ex-psolista à mando de um grupo da esquerda tentou matar o então já candidato à presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro com uma facada, quando o mesmo se encontrava nos ombros do POVO na cidade de Juiz de Fora, facada essa que o levou a um quadro de vida ou morte, como é devido aos feridos por arma branca e colocou o BRASIL em oração pela sua vida. Jair Messias Bolsonaro, venceu a morte e as eleições com ampla vantagem!

O Golpe se aplicando

Com a posse do já eleito pelo povo, Jair Messias Bolsonaro a Presidente da República do Brasil, a alternativa da esquerda foi forçar o mesmo a usar de sua posição Constitucional de defensor da Constituição Brasialeira, como Chefe das Forças Armadas. Desde então os ministros da Suprema Corte começaram a atuar de forma inconstitucional, parecendo provocar ao Presidente uma ação de defesa à Constituição Nacional, e assim sendo, a esquerda o acusaria de dar um GOLPE MILITAR e provocaria uma possível “guerra civil” aliada da opinião pública globalizada e vermelha.

Algumas Ações Inconstitucionais Aplicadas

1ª) Alexandre de Moraes determinou a Twitter e ao Facebook que retirassem do ar contas de influenciadores, empresários e políticos bolsonaristas.

2ª) Alexandre de Moraes suspendeu a nomeação de Alexandre Ramagem Rodrigues para o cargo de Diretor-Geral da Polícia Federal pelo Presidente da República Jair Messias Bolsonaro;

3ª) Alexandre de Moraes, determinou a prisão preventiva do jornalista bolsonarista Oswaldo Eustáquio que nenhum crime cometeu a não ser usar de sua liberdade de expressão;

4ª) Alexandre Moraes determina a quebra de sigilos bancário e fiscal do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o afastamento de Eduardo Bim do cargo de presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama);

5ª) Alexandre de Moraes manda prender deputado Federal Daniel Silveira que faz parte do grupo bolsonarista por expressar sua opinião em Redes Sociais;

6ª) Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, mandou prender preventivamente o ex-deputado e presidente nacional do PTB Roberto Jefferson que somente expressou suas opiniões em redes sociais.

Obs.: Destacamos apenas essas seis ações, mas na verdades foram muitas levando-se em contas que a Corte é formada por onze Togados.

PRESOS POLÍTICOS NO BRASIL – O presidente Nacional do PTB Roberto Jefferson, o Deputado Federal Daniel Silveira e o jornalista Oswaldo Eustáquio

Reação do Brasil contra o Golpe da Esquerda – Uma Nova Constituição

O desespero da esquerda é visível, e vem aumentando diante da proximidade do Dia 7 de Setembro, o qual está marcado para que seja entregue ao presidente do Senado Rodrigo Pacheco, documento oficial e legal, o qual a Sociedade Organizada exige o fechamento dos Poderes – STF, Câmara e Senado – e que seja formulado uma Nova Constituição. Esse documento está respaldado no Artigo Primeiro da Constituição o qual determina que o Todo o Poder Emana do Povo, e assistido por juristas e advogados renomados com apoio total do Agro Negócios e Artistas famosos e importantes no cenário brasileiro. Caso o presidente do Senado Rodrigo Pacheco não acate o documento, este estará indo contra a Constituição em seu primeiro artigo. E assim, o Brasil caminhará para sua redenção!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *